Alimentação Correta durante o Mês de Ramadan

Alimentação Correta durante o Mês de Ramadan

O Ramadan pode ser o momento ideal para desintoxicar, perder peso e ser saudável, mas só se lembrarmos de comer bem. Aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a maximizar os benefícios.

- Não pule o Suhoor

Algumas pessoas pulam o Suhoor, a refeição antes do amanhecer, e preferem comer durante a noite em vez de acordar nas primeiras horas da manhã. Mas ao fazer isto é possível que seu metabolismo desacelere, levando assim ao ganho de peso e letargia. Além do que, o Suhoor é Sunnah (Tradição) e o profeta Muhammad disse que há recompensas nele.

Seu relógio biológico se inverte quando você jejua durante todo o dia e come a noite toda. Fazer verdadeiros banquetes durante as horas em que não se jejua não é saudável. O correto é comer o Suhoor e tirar um cochilo no final do dia ao vez de desistir dos nutrientes essenciais necessários durante o jejum ao abandonar o Suhoor. Permita que seu metabolismo redefina a forma a qual seu corpo faz as coisas.

- Coma um Iftaar leve

Tradicionalmente, o Iftar (desejum) em todo o mundo é composto de ricos pratos gordurosos, frituras e doces, pois as pessoas vêem a refeição como um prazer - uma forma de compensação para o jejum. Após um longo jejum, as pessoas também tendem a comer muito mais do que o habitual em um curto espaço de tempo.

Recomenda-se quebrar o jejum com algumas tâmaras e água, seguindo à Sunnah (a prática) do Profeta Muhammad (S). As tâmaras têm um efeito revitalizante, semelhante aos suco de frutas, enquanto a água reidrata e reduz as chances de auto-indulgência com os pratos.

Após as tâmaras, coma alguns lanches mais leves, faça uma pequena pausa para completar a oração do Maghrib (pôr do  Sol) antes de ter um jantar equilibrado - comece com uma sopa e salada e lembre-se de que leva 20 minutos para o estômago dizer ao cérebro que está cheio. Você também pode retardar a sua refeição ao beber muita água para começar a esticar o estômago mais cedo e fazer com que você se senta cheio antes de comer comida em excesso.

Depois de uma grande refeição os níveis de açúcar no sangue sobem depressa, fazendo com que o nosso pâncreas secrete uma grande quantidade de insulina para trazer os níveis de volta para baixo. Este açúcar extra é armazenado em forma de gordura. Assim, a fim de manter um nível equilibrado de açúcar no sangue, o correto é comer pouco, ter refeições bem calculadas e lanches durante toda a noite ao invés de fazer uma refeição pesada de uma só vez.

Após as orações da noite, faça um pequeno lanche, se necessário. Acorde antes do amanhecer e coma alimentos saudáveis no Suhoor para impulsionar o seu metabolismo durante o dia, melhorando assim, a sua saúde, e revitalizando o seu bem-estar, fazendo com que você tenha mais energia.

- A regra do "um terço de alimentos"

Comer em excesso durante a noite é o caminho mais rápido para ganhar quilos extras. Quando você se empaturra, o corpo pensa que está em um estado de fome e armazena tudo o que você come porque está preocupado com o abastecimento alimentar. O próprio Profeta recomendou que comêssemos com moderação.

"Não há pior "vasilha" que o filho de Adão (o ser humano) pode preenche do que o seu estômago. É suficiente que o filho de Adão coma alguns bocados para manter-se (vivo e capaz de cumprir com suas tarefas). Se ele deve fazer isso (encher o estômago), então deixe-o encher um terço com alimentos, um terço com a bebida e um terço com o ar (ou seja, vazio)." (Tirmidhi e Ibn Majah)

Lembre-se desta regra quando estiver exagerando na alimentação este ano, e tente não ir além de um terço para comida, um terço para a água e um terço para o ar evitando assim que seu metabolismo desacelere em excesso.

- Alimentos recomendados e o que evitar

Durante todo o mês, basicamente adiantamos o café da manhã, pulamos o almoço e comemos o jantar ao entardecer. Mas o que exatamente devemos estar comendo?

É melhor manter a ingestão de alimentos simples mas variada, consumindo todos os grupos alimentares: frutas, verduras, carboidratos, carnes, peixes e laticínios. Vegetais aquosos como o aipo, alface, pepino e espinafre tem quase nenhum efeito sobre os níveis de açúcar no sangue, enquanto bagas (Cassis, Oxicoco, Mirtilo, Groselha) e maçãs são melhores do que outras frutas, pois são baixas em calorias e fazem você se sentir cheio.

Comer carboidratos complexos também ajuda a liberar energia lentamente durante as longas horas de jejum. Estes são encontrados em alimentos como trigo, cevada, mandioca, aveia, milho, semolina, arroz, feijão, lentilha e farinha integral. Também é recomendado o consumo de fibras durante o Ramadan, pois são digeridas lentamente.

Alimentos ricos em fibras incluem os cereais, figos, farelo, trigo integral, grãos, sementes, batatas, legumes e frutas, quase todas (especialmente nectarinas e ameixas). Deixar a pele quando comer uma batata cozida actua como um tampão fibroso que mantém alguns dos açúcares distantes do estômago. Quanto mais fibra você come, mais difícil o estômago consegue obter os açúcares. Então, é melhor deixar a casca de maçãs, pepinos, pêssegos, damascos, tâmaras, kiwi, e outras frutas.

Comida processada ou de rápida queima que contenham carboidratos refinados (açúcar e farinha branca), alimentos gordurosos como bolos, biscoitos, chocolates e doces, devem ser evitados.

Nutricionistas também recomendam evitar bebidas à base de cafeína, tais como chá, café e bebidas a base de cola, pois a cafeína é um diurético que estimula a perda rápida de água, levando à desidratação.

A abstinência de água de 8 a 10 horas não é necessariamente ruim para a saúde, o corpo tem um mecanismo próprio de conservação de água. Mas, certifique-se de consumir muita água durante a noite para manter-se hidratado durante as horas de jejum.

Por último, lembre-se que o Ramadan destina-se a ser um momento para que os muçulmanos tenham mais empatia para com os pobres e necessitados, portanto banquetes exagerados e extrapolações na alimentação são contra os princípios do mês.

E já que o Ramadan é um ótimo momento para começar a ter novos bons hábitos e parar com os ruins, por que não continuar a comer bem - mesmo após o Ramadan? As dietas precisam de um compromisso a longo prazo para mostrar os benefícios; você come todos os dias portanto use este tempo para dar início a uma nova maneira saudável de se alimentar e viver.

 

Adaptado de Yahoo News
Tradução: Pérolas do Alcorão


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!